Transmissão de tarefas da famíla rotária Aguedense 2017-2018

No passado sábado, dia 15 de Julho de 2017, na Biblioteca Municipal de Águeda, o Interact, o Rotaract e o Rotary Club de Águeda, promoveram uma reunião pública e festiva no momento da sua Transmissão de Tarefas para o ano de 2017/2018, onde se reuniriam mais de 150 amigos.

A Presidente Cessante do Rotaract Club de Águeda, a Companheira Francisca Morgado por sua vez, foi sucedida pelo Companheiro Vasco Brás, em que ambos também, ambicionam um papel mais interventivo dos jovens na Comunidade Aguedense, revelando-se determinados em consolidarem o seu Club. No decorrer deste momento, o Rotaract Club de Águeda, foi enriquecido com a entrada de mais um membro, António José Carvalho.

De seguida, a Presidente Cessante do Interact Club de Águeda, a Companheira Maria Figueiredo transmitiu a liderança do Club à Companheira Ana Rita Neves, onde o desejo de servir e tornar a juventude mais ativa e empenhada continuam objetivos comuns, desde o passado, ao presente e futuro.
Para finalizar a Transmissão de Tarefas, deu-se a passagem da Presidência do Rotary Club de Águeda, da Companheira Ana Rita Carlos, para o Companheiro Carlos Franco.

Ana Rita Carlos confessou-se muito feliz pelo mandato realizado, dizendo que “neste livro da vida do Rotary Club de Águeda, a que somamos anos, pintamos hoje, com cores garridas, o lastro de alegria que deixámos naqueles com quem nos cruzámos”, e agradeceu a todos aqueles que a acompanharam, de forma especial e ao Clube, durante mais um ano Rotário, em que “Muitos dos amigos, sem que fizessem parte do movimento rotário, contribuíram de forma relevante para que o Rotary Club de Águeda pudesse aquecer os corações da Universidade Sénior, ajudasse a alimentar vidas através da campanha do Banco Alimentar, desse sentido à palavra igual no jantar de Fados que reverteu para a Cerciag, construísse o futuro através de bolsas de estudo”.

Destacando ainda que “Neste ano que passou, o enfoque foram as pessoas. Afinal o movimento rotário é feito por pessoas e para pessoas. E assim, olhámos para dentro para alcançar mais longe; valorizámos a sapiência fruto do tempo e a arte de quem se quer manter sempre novo; levámos o mundo a uma instituição que se quer sem barreiras; procurámos na juventude a capacidade de fazer a diferença com o comum do dia a dia; festejámos o passar dos anos; praticámos o dom de ouvir e a capacidade de dar.”

O novo Presidente do Rotary Club de Águeda, Carlos Franco, na sua intervenção, agradeceu a presença de todos, nomeadamente ao seu Padrinho em Rotary, o Companheiro Rui Bastos, por ser o responsável de o permitir servir em Rotary e a todos os Sócios do Clube, chamando-os para ao pé de si, reconhecido pela confiança depositada na sua escolha para liderar o Clube, mas também “para que a comunidade
aguedense pudesse conhecer os rostos daquelas e daqueles, que vivem Rotary todas as horas dos seus dias.”

Ano após ano, geração após geração, a chama acesa por Paul Harris, continua bem forte, e apesar de existirem desde 1905, atualmente com mais de 1 milhão e 200 mil Rotários e mais de 35.000 Clubes, continuam na sua essência iguais, mantendo a mesma vontade e capacidade de ajudar a transformar o Mundo.

Inspirados pelo lema Rotário para o Ano de 2017/2018, que nos diz “Faz a Diferença”, “queremos concretamente fazer a diferença na nossa comunidade”, destacou.

“Manter o trabalho de proximidade com a Comunidade será definitivamente uma prioridade, através dos projetos já reconhecidos mas ambicionando implementar novos, procurando sempre liderar pelo exemplo que darão às novas gerações”, referiu Carlos Franco.

Manifestando a vontade de participar ativamente nos projetos distritais, em estreita ligação com o Governador Soares Carneiro, também irão procurar reforçar as ligações existentes e alargar a outros Clubes do Distrito onde se inserem, quer a nível internacional.

“Alertar a população sobre a ameaça do aquecimento global, lutar pela energia limpa, pela exploração sustentável das fontes de energia do planeta, e do uso da energia solar, são causas que não queremos que parem e que ambicionamos alcançar”, destacou o novo Presidente do Rotary Club de Águeda, colocando na agenda do Club uma forte preocupação ambiental.

Por outro lado, reconhecendo toda a história do Clube, dedicarão especialmente este ano a sua atenção a divulgá-la junto da Comunidade, procurando que as gerações que emergem, conheçam os seus projetos desenvolvidos ao longo dos anos.

Considerando que é na juventude que reside o futuro, transmitiu uma mensagem importante aos jovens, destacando os quatro elementos que os devem motivar a entrar para o movimento Rotário, ou seja, a amizade, o desenvolvimento pessoal, o desenvolvimento profissional e a oportunidade de transformar a comunidade e o Mundo através da integração num movimento internacional.

Na certeza de que “a Comunidade Aguedense é melhor, mais justa e mais solidária com a ajuda de Rotary”, Carlos Franco recordou os 30 anos de serviço do Rotary Club de Águeda, consciente que “a melhor forma de honrar o passado é trabalhar no presente para assegurar o futuro”, relevando que “somos uma organização de voluntários, mas não nos definimos por quem somos, mas sim pelo que fazemos”.

Aproveitando a presença de convidados não inseridos no Movimento Rotário, quis deixar duas mensagens, a primeira do Presidente de Rotary Internacional que referiu recentemente “ao longo de 112 anos, o Rotary provocou diferenças em mais vidas, e em cada vez, de mais diferentes maneiras, tantas que jamais as poderemos contar ou se quer determinar”, e uma segunda, do Fundador do Rotary, Paul Harris, que há muito tempo atrás disse um dia “este é um mundo em mudanças, nós devemos estar
preparados para mudar com ele, a história de Rotary terá de ser reescrita muitas e muitas vezes.”

Concluiu a sua intervenção, referindo que “uma vida boa constrói-se com boas relações, com a família, com os amigos e com a comunidade”, apelando a que todos façam a diferença na vida uns dos outros.
Em momento de comunicados, usaram da palavra o Assistente do Governador do Distrito 1970, António Castro, e representante da Câmara Municipal de Águeda, e também membro do Rotary Club de Águeda, Exma. vereadora Elsa Corga, onde tiveram oportunidade de enaltecer o trabalho realizado pela Família Rotária Aguedense em prol da comunidade e do Mundo e de desejar a continuidade para o novo Conselho Diretor.

Resta acrescentar, que este evento foi abrilhantado com algumas atuações musicais, promovidas pela jovem, Juliana Carvalho, e um casal de jovens músicos da Banda Nova de Fermentelos, Rossana e Lucas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *