Aguedenses doam 6619 Kg de alimentos para o Banco Alimentar

O Rotary Club de Águeda estabeleceu há vários anos uma parceria com o Banco Alimentar de Aveiro, sendo atualmente responsável por toda a recolha das suas Campanhas, realizadas no Concelho de Águeda. O envolvimento neste desígnio que sempre considerou de todos, deveu-se ao facto de os Bancos Alimentares serem Instituições Particulares de Solidariedade Social, que têm como objetivo lutar contra o desperdício de produtos alimentares, encaminhando-os de seguida para uma distribuição gratuita às pessoas carenciadas.

O Rotary Club de Águeda valoriza sempre a população pela entrega a estas campanhas, quer os voluntários a título individual, mas também as Associações que colaboram, bem como as parcerias que tornam possível a sua execução como é o caso da empresa Transagueda, responsável nos últimos anos pela recolha e respetiva entrega do resultado obtido.

A última Campanha decorreu nos dias 2 e 3 de Dezembro, sendo o Coordenador da mesma o Companheiro Saúl Lopes do Rotary Club de Águeda, tendo aderido as superfícies comerciais, Modelo Continente, Pingo Doce, Intermaché, Lidl, Merkante e Mini Preço, e sendo recolhidos um total de 6619 Kg de alimentos.

Os produtos alimentares recolhidos foram entregues na sede do Banco Alimentar em Aveiro, onde foi feita a sua respetiva triagem e armazenamento, o controlo de qualidade e respetiva rede de frio. A ajuda alimentar será efetuada ao abrigo dos acordos celebrados com as Instituições de Solidariedade da Região de Aveiro, sendo entregue em cabazes de produtos, ou refeições confecionadas servidas nos lares, creches, ATL, distribuídos a sem abrigos ou entregues ao domicílio.

Nesta Campanha colaboraram diversas Associações como o Centro Social e Paroquial de Recardães, o Centro Social de Belazaima, o CASAS – Centro de Apoio Social e Animação de Segadães, a Associação Social e Cultural de Serém, Os Pioneiros – Associação de Pais de Mourisca do Vouga, o Patronato Nossa Senhora das Dores, a Associação Espírita Consolação e Vida, o Centro Social e Paroquial de Valongo do Vouga, o Centro Social e Paroquial da Borralha, o Centro Social Infantil de Aguada de Baixo, a Conferência Vicentina S. Pedro de Valongo do Vouga, a Delegação de Águeda da Cruz Vermelha Portuguesa, o Centro de Bem Estar Social de Macinhata do Vouga, a AMAR – Associação Macinhatense de Assistência Recreio e Cultura, o Grupo Cáritas de Macinhata do Vouga, a Associação Baptista de Águeda Shalom, O Catraio – Centro Social da Catraia de Assequins, a Bela Vista – Centro de Educação Integrada, a CERCIAG, a Conferência Vicentina de Águeda, os Escuteiros de Aguada de Cima, os Escuteiros de Barrô, a Escola Secundária Marques Castilho e vários voluntários individuais, chegando mesmo a ultrapassar os 150 ao todo.

O Presidente do Rotary Club de Águeda, Carlos Franco, manifestou a “satisfação do clube pela envolvência de várias Associações, de Voluntários individuais, destacando a forte adesão de jovens como uma esperança num futuro mais justo, e a solidariedade mais uma vez demonstrada pela Comunidade Aguedense, em que apesar de ter enfrentado um ano onde foi chamada também a contribuir para colmatar as catástrofes nacionais verificadas, foi mais uma vez generosa.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *