Banco Alimentar

O Rotary Club de Águeda em parceria com a Transágueda e do seu motorista, Sr. Agostinho, organizou e coordenou a segunda campanha de 2014 do Banco Alimentar Contra a Fome, em Águeda, nos dias 29 e 30 de Novembro.

Esta honrosa iniciativa contou com cerca de 180 voluntários, oriundos das várias instituições receptoras dos géneros alimentares, escuteiros (Barrô e Águeda), alunos e professores das Escolas Secundárias, Adolfo Portela e Marques de Castilho, família Rotária e muitos particulares.

O planeamento e coordenação, mais uma vez, esteva a cargo de José Neves, atual presidente do Rotary Club de Águeda, coadjuvado pelo José Mota Rodrigues e Albano Melo.

Águeda doou 7715kg. Traduziu-se em menos 9,3%, não menosprezando a generosidade de Águeda, uma vez que a redução dos donativos foi menor do que a tendência nacional.

A nível nacional os produtos recolhidos em saco no supermercado registaram uma quebra de 15% em relação à campanha de Natal de 2013.

Os géneros alimentares que foram recolhidos serão distribuídos, a partir da próxima semana, a cerca de 2.400 instituições de solidariedade social, que os entregam posteriormente a cerca de 425 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.

Os tempos não são fáceis e devemos estar atentos aos sinais da sociedade e intervir atempadamente. Milhares de famílias confrontam-se com a pobreza, com os salários em atraso, falências e desemprego, levando muitas delas a uma “pobreza envergonhada”, referiu José Neves.

O Banco Alimentar confronta-se com dificuldades acrescidas, no entanto, poderá continuar a contar com a colaboração do Rotary Club de Águeda e com a generosidade da comunidade Aguedense no apoio aos mais carenciados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.