Governador Soares Carneiro reúne com empresários na Associação Empresarial de Águeda

Na passada quinta-feira, dia 5 de Abril de 2018, decorreu a Visita Oficial do Governador do Distrito 1970, ao Rotary Club de Águeda, incluindo uma visita e encontro com empresários aguedenses, na Associação Empresarial de Águeda, bem como uma reunião com todos os Sócios do Clube na sua sede, seguido de jantar festivo na Casa Vidal.

A visita à Associação Empresarial de Águeda, permitiu ao Governador Soares Carneiro, conhecer melhor esta Associação, e o trabalho desenvolvido pela mesma na defesa dos interesses dos empresários que representa, desde a sua fundação.

O Presidente da A.E.A., Ricardo Abrantes, fez uma explicação do que têm sido as principais reivindicações, desta Associação, junto de diversas Entidades Públicas, poder local, regional e nacional, tais como a falta de acessibilidades, o custo da energia, quer por ser elevado, nomeadamente no gás, quer pela baixa qualidade dos serviços, apontando para diversas falhas energéticas que têm vindo a decorrer, deixando empresas sem energia, e empresários desesperados pelos prejuízos decorridos da paragem do trabalho das suas máquinas, a que são forçados.

Por outro lado, referiu que “não basta criarem-se condições para facilitar a implementação de empresas”, “é necessário criar condições que contribuam para a fixação dos trabalhadores e das suas famílias, e então dessa forma poderemos resolver as questões da empregabilidade”. Ricardo Abrantes, lembrou também que é preciso “dar um maior apoio às empresas, para que estas possam fazer maiores investimentos na inovação e por consequência, obterem mais fatores competitivos”.

A Câmara Municipal de Águeda não quis deixar de estar presente neste encontro, e fez-se representar pelo Vereador João Clemente, para melhor conhecimento do Movimento Rotário e participação na partilha de conhecimento com os empresários.

O Governador Soares Carneiro na sua intervenção, explicou a todos os empresários na reunião, o trabalho desenvolvido pelo Movimento Rotário em todo o Mundo, e as causas que tem abraçado desde a sua fundação em 1905, destacando o envolvimento dos Rotários na própria criação da Organização das Nações Unidas, e que a sua dimensão reflete-se no facto de atualmente apresentarem mais de 35 mil Clubes e mais de 1 milhão e duzentos mil membros, focados em intervir em áreas como: Água e Saneamento, Paz e Resolução de Conflitos, Prevenção e Tratamento de Doenças, Saúde Materno Infantil, Crescimento das Economias e Educação Básica.

O Governador Soares Carneiro relevou que “nós tornamos o mundo mais humano, mais solidário, menos desigual”, sendo uma verdadeira inspiração para os presentes, destacando “a importância da felicidade no trabalho, nas empresas”, contribuindo com sugestões que ajudem a transformar positivamente a comunidade, se decorrer um envolvimento cada vez maior dos empresários e suas empresas, em Rotary.

De seguida, decorreu uma reunião de trabalho com os Sócios do Clube, desta vez já na sede do Clube, onde foram abordados diversos temas, importantes para melhorar a sua organização e ação, dando os “Parabéns ao Rotary Club de Águeda por ser um Clube com projetos”, lembrando que ainda assim, é sempre possível e desejável, “fazer mais e melhor”, que funcionou como um incentivo a todos os presentes.

No jantar festivo destacou-se a presença de inúmeros Clubes, tais como o Rotary Club de Aveiro, Paredes, Oliveira do Bairro, Curia – Bairrada, Albergaria – A – Velha, Sever do Vouga, Ovar, Tondela, Estarreja, Murtosa, Ponte de Lima, Viana do Castelo, que quiseram conviver com os Companheiros de Águeda, naquele que é o expoente da atividade de qualquer Clube. Foi feito um balanço dos projetos concretizados até ao momento, como a doação de livros de literatura infantil para a Biblioteca Municipal, o projeto Mozambikes, a doação que vai permitir vacinar para a prevenção da Pólio, mais de 3000 crianças, entre outros, e dos que estão a ser ultimados, para implementação até ao final do mandato.

O Presidente do Clube, Carlos Franco, lembrou que “os Clubes locais, como o Rotary Club de Águeda, podem efetivamente fazer a diferença, pois são líderes locais que contribuem para o desenvolvimento desejado, com a ajuda de todo o Movimento Rotário” e destacou que “o futuro depende cada vez mais da nossa capacidade de ação, do nosso compromisso e das decisões que tomamos hoje.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.