Palestra sobre Sustentabilidade

O Rotary Club de Águeda promoveu no passado dia 28 de junho, uma palestra sobre Sustentabilidade. O orador foi o Eng.º Nélson Matos, Vice-Presidente da Associação BioLiving. Este apresentou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela associação em diversas áreas, e desafiou à “construção” pontes e de parcerias que podem vir a ser implementadas com e através do Movimento Rotário, no Concelho de Águeda.

A Associação BioLiving é uma associação sem fins lucrativos que se apresenta sob o mote “Natureza e Educação para Todos”. Os objetivos desta Associação são, entre outros, promover a sustentabilidade; incentivar a cidadania ambiental e a participação pública na defesa dos valores naturais; dinamizar a economia social; promover a inclusão, a paz e a solidariedade, utilizando como mote a educação, os recursos naturais e a proteção da natureza; disponibilizar acompanhamento nas áreas da floresta, biodiversidade e educação ambientar; mas essencialmente demonstrar que a natureza é de todos e para todos.

O modelo de atuação da BioLiving, centra-se assim, na proximidade. Trabalham na primeira pessoa com as comunidades locais, autarquias, escolas, empresas. Por outro lado, facilitam o diálogo e a procura de soluções para a educação ambiental e conservação da natureza.

Desde o início do Ano Rotário 2017/2018, sob o lema “Faça a diferença”, o Rotary Club de Águeda “assumiu que a preservação do meio ambiente e o combate de ações que provocam mudanças climáticas, são fundamentais para obter a sustentabilidade dos projetos Rotários”, referiu o Presidente do Clube, Carlos Franco. Essa foi uma prioridade na agenda do Clube, pois “inclusivamente são as populações mais vulneráveis que sentem mais estas alterações”.

Durante a Palestra muitos foram os temas da atualidade discutidos, desde a necessidade de planeamento do território, às questões ligadas à tragédia decorrida em Portugal nos incêndios de 2017, onde cada vez mais se conclui que a responsabilidade é de todos, e que as pessoas são os verdadeiros guardiões da paisagem.

Foram apresentadas também um conjunto de ideias, para implementar a médio prazo, na Redonda, um espaço onde o Rotary Club de Águeda tem vindo a intervir, localizado na União de Freguesias de Belazaima, Castanheira do Vouga e Agadão. A expetativa sentida por todos, pelo potencial que existe e que pode ser implementado através de um conjunto de Entidades, reforça a importância que a sustentabilidade irá continuar a ter no Movimento Rotário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.