Rotary Club de Águeda contribui para salas de aulas em Messica

O Rotary Club de Águeda, contribuiu para a construção e equipamento de salas de aula, com um donativo de 300 euros, beneficiando comunidades carenciadas em Messica, Moçambique, procurando fazer a diferença na vida destas crianças.

Este foi um desafio feito pelo Projeto dos Cônjuges, do Rotary Distrito 1970, em parceria com a The Big Hand – As Crianças Primeiro, uma organização não-governamental para o desenvolvimento, que promove o bem-estar das crianças, que vivem em condições desfavoráveis, garantindo desta forma, o acesso à educação, aos cuidados de saúde necessários e nutrição, a água e também ao saneamento básico. Este donativo que à partida pode parecer escasso, fará parte de um esforço conjunto que esse sim, permitirá alcançar o objetivo pretendido.

Através do modelo centrado na criança, esta ONG, constrói escolas, investe em equipamentos, na formação de professores e desenvolve ainda, em parceria com agentes locais, programas inclusivos que têm como objetivo, preparar as crianças para os desafios que vão enfrentar ao longo da vida, em estreita ligação com a comunidade onde estas vivem.

Por acreditarem que crianças educadas num ambiente saudável irão mudar o mundo, e onde todas as crianças serão tratadas com dignidade, garantindo-lhes acesso: a proteção, nutrição, água, saneamento, saúde, abrigo, informação e educação de qualidade que lhes permita atingir todo o seu potencial e dessa forma contribuírem para a sua comunidade e para o mundo, o Rotary Club de Águeda, abraçou este projeto.

Infelizmente, ainda cerca de 70 milhões de crianças não vão à escola e, por outro lado, mais de 50% dessas crianças estão na África Subsaariana, ou seja, é de facto a pobreza e a falta de recursos, que mantêm as crianças afastadas da Escola” referiu o Presidente do Rotary Club de Águeda, Carlos Franco. “A construção e melhoria de escolas, bibliotecas, a formação de professores, e proporcionar um ambiente limpo e seguro, são determinantes para as crianças” lembrou e alertou, destacando a sensibilidade que o Movimento Rotário tem por estas causas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.